top of page
Buscar

Entrevista com o Pr. Tiago Lopes, novo Coordenador de Missões Estaduais


• Quem é o Tiago? (Onde nasceu, igreja de origem em que foi batizado, quanto tempo de ministério, atual ministério e formação)

Servo do Senhor Jesus Cristo, salvo, remido e lavado por Seu sangue. Pastor Batista, membro da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil desde 2004 - Inscrição 9263. Paulista, paulistano, porém, criado na cidade de São Mateus - ES. 44 anos de idade, casado há 22 anos com Emanuela Barbosa Vieira Pedro, fonoaudióloga, também de 43 anos e pais de Antonio (9 anos) e Emanuel (8 anos). Nascido em lar cristão, batizado pelo saudoso Pr. Zeferino Cardoso Thompson, aos 12 anos de idade, na amada Segunda Igreja Batista em São Mateus, igreja que me recomendou e sustentou, no Curso de Bacharel em Teologia, no Seminário Teológico Batista do Estado do Espírito Santo, onde me formei aos 22 anos, no ano de 2001. Técnico em Contabilidade, função que exerci em várias empresas até ser convidado a pastorear os adolescentes da Igreja Batista Morada de Camburi, em Vitória - ES, no ano de 2004, sendo ordenado, por esta amada igreja, ao Ministério Pastoral no dia 24 de Agosto de 2004, sob a mentoria do Pr. Erasmo Maia Vieira. Após período de muitas bênçãos, crescimento espiritual e amadurecimento ministerial me despedi deste rebanho em 2006. Tempo em que fui convidado a pastorear a Igreja Batista em São Torquato - Vila Velha - ES. Entendendo a vontade de Deus para minha vida, família e ministério para aquele tempo, em comum acordo com minha esposa, aceitei o convite e permaneci à frente daquele rebanho por 7 anos. Período também em que tive o privilégio de convalidar meu Curso de Teologia, que se tornou reconhecido pelo MEC, pela FTU - Faculdade Teológica Unida e também, me especializar em Ciências da Religião com ênfase no Ensino Religioso. Ainda durante este tempo, recebi a honra de me tornar Capelão na unidade do Colégio Americano Batista em Laranjeiras - Serra - ES, bem como da FABAVI - Faculdade Batista de Vitória, instituições nas quais também tive o privilégio de lecionar nas cadeiras de Sociologia, Filosofia e Ensino Religioso. Em 2013, convidado pela Primeira Igreja Batista em Campo Grande a assumir este ministério de forma integral. Pedi demissão da DOCTUM, antigo IBEV (Colégio Americano e FABAVI), e mais uma vez orientado pelo Senhor e em comum acordo com minha esposa, assumi o Ministério Pastoral desta igreja, no dia 25 de Maio de 2013, igreja onde temos sido muito abençoados e permanecemos até que o Senhor nos oriente e conduza por outras veredas. Aqui, temos avançado através da Visão de Igreja Multiplicadora, sendo a Igreja Pioneira no Estado do Espírito Santo a implantar esta visão. Fui Terceiro Vice-Presidente da CBEES por 2 mandatos consecutivos, me despedindo no ano de 2022 e hoje, tenho ainda grande honra e privilégio, de estar Terceiro-Vice presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil - Seção Espírito Santo.

 

• Qual sua relação com missões?

A relação que todo cristão deve ter: Cumprir a Grande Comissão. Ordem dada por Jesus para fazer discípulos de todas as nações. Eu decidi obeceder. Entendi o que afirma Charles Spurgeon: “Todo cristão, ou é um missionário ou é um impostor”. Escolhi não ser um impostor.

 

• Como sua igreja participa de missões?

Louvo a Deus, pois, a Primeira Igreja Batista em Campo Grande é uma igreja missionária. Que ora, investe financeiramente e vai ao campo anunciar as boas novas do Evangelho. É uma igreja atuante de forma local (mãe de mais de 20 igrejas em seu entorno), mas também no Brasil e no mundo.

 

• Qual o maior desafio missionário em nosso Estado em sua visão?

Tudo começa com oração! Jesus enquanto esteve aqui, embora 100% homem e dependente do Senhor, era também 100% Deus e ainda assim, orava. Nosso maior desafio é levar o povo Batista a cumprir a orientação de Jesus em Mateus 9.37 e 38: "A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. OREM ao Senhor da colheita; peçam que Ele envie mais trabalhadores para seus campos". Quando fazemos nossa parte orando, Deus faz a Dele agindo em resposta à nossa fé. É assim que Ele manda gente vocacionada e cheia do Espírito Santo e recurso necessário para a obra avançar.


• Qual será sua contribuição para o avanço de Missões Estaduais?

Eu amo desafios e confesso que este assumi com temor e tremor, devido a grande responsabilidade não só com o avanço do Evangelho no Estado, mas o cuidado com as famílias missionárias. Mas creio que quando Deus chama, Ele capacita. Sozinho, não posso nada, mas na força do Espírito Santo de Deus, prometo dar tudo o que puder pelo sustento de missões e pelo meu trabalho ajudar a estabelecer o Reino de Deus na terra.

 

• Qual sua estratégia para ganharmos o Estado para Jesus?

Depender totalmente do Espírito Santo de Deus e permitir que Ele conduza minha vida e ministério. Acredito que as estratégias e ferramentas é Ele quem dá. Porém, há uma que queima em meu coração: Igreja Multiplicadora. Que não considero uma visão, mas um mover do Espírito Santo para motivar a igreja a viver a grande comissão e fazer discípulos, para a glória de Deus.

 

• Deixe uma mensagem aos Batistas Capixabas?

O desafio é grande e a responsabilidade intensa e preciso muito da oração dos irmãos por mim, por minha família e por cada missionário no Estado do Espírito Santo. Carecemos de saúde física, emocional e espiritual, para que, conduzidos pelo Espírito Santo tenhamos êxito nesta santa missão de avançar levando o Evangelho a este Estado cheio de gente boa que “Trabalha e Confia”, mas que vive longe do Cristo e sem salvação… Conto com você Batista Capixaba!


Ministério de Comunicação

44 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page